Segurança

A BRAVSEC trabalha na confecção e no aperfeiçoamento dos diversos Planos de Segurança para a Aviação Civil. Sejam os planos safety ou security, tais como:

PSEA, PSESCA, PSA, PSTAV, PPAA, MGSO, etc.

PSEA – Programa de Segurança de Empresa Aérea é obrigatório para empresa:

I – para a empresa aérea estrangeira realizando serviço de transporte aéreo regular internacional de passageiro e/ou de carga;
II – para a empresa aérea nacional realizando transporte aéreo regular ou não regular de passageiro e utilizando aeronave com configuração de assentos superior a 30 (trinta) passageiros ou realizando transporte aéreo internacional de carga; e
III – sempre que requerido pela autoridade de aviação civil.

PSESCA – Plano de Segurança de Empresas de Serviços e Concessionários Aeroportuários

É o Plano desenvolvido pelas empresas de serviços auxiliares ou concessionários, em coordenação com as administrações aeroportuárias, no qual são consolidadas as medidas e práticas de segurança, visando a proteger a aviação civil contra os atos de interferência ilícita. Deve ser elaborado pelas empresas de serviços auxiliares de transporte aéreo (ESATA), de provisões de serviço de bordo (Comissaria/EPSB), de provisões de bordo (EPB), de abastecimento de combustível (EABST), de manutenção de aeronave (EMNT), Correios, e outros concessionários aeroportuários, com o objetivo de evitar que, através de suas instalações e/ou por meio de serviços prestados por estas, atos de interferência ilícita contra a aviação civil possam vir a ser praticados.

PSA – Programa de Segurança Aeroportuária (PSA) é obrigatório para aeródromos públicos onde operem voos:

– internacionais, regulares ou não, De empresa aérea nacional ou estrangeira;
-nacionais regulares de empresa aérea nacional utilizando aeronave com capacidade superior a 60 assentos ou que tenha peso máximo de decolagem (PMD) superior a 45.500 Kg,
– sempre que for julgado necessário ou requerido pela Autoridade da Aviação Civil.

PSTAV – Plano de Segurança de Transporte aéreo de Valores

É o Plano que visa tornar adequadas as operações de embarque e desembarque de valores em aeronaves, nos aeroportos brasileiros, em consonância com as medidas e procedimentos de segurança da aviação civil.

MGSO – Manual que visa atender o Sistema de Gerenciamento da Segurança Operacional

Que está consolidado como um padrão em toda aviação mundial, estendendo, inclusive, a gestão da segurança além do ambiente da aviação. Sistemas semelhantes são usados na gestão de áreas críticas nas organizações que utilizam sistemas complexos nas suas atividades cotidianas, requerendo um alto nível de qualidade em áreas que envolvem segurança, saúde ocupacional, meio ambiente, etc.

PPAA – Programa de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos do Comando da Aeronáutica

Que prescreve as orientações básicas para a segurança de voo. É um esforço em conjunto dos integrantes direta ou indiretamente envolvidos na atividade aérea visando à mitigação de casos de acidentes ou incidentes aeronáuticos.